Paul Ricoeur: elementos estéticos na imaginação poética e figurativa

Vinícius Oliveira Sanfelice

Resumo


O tema da imaginação poética tem sido discutido nos últimos anos por autores franceses e americanos que admitem a centralidade da imaginação na filosofia de Paul Ricoeur, autores como Castro (2002), Taylor (2006), Cottin (2011) e Amalric (2012). Como demonstram os comentadores de Ricoeur, a imaginação atua dentro de seu projeto filosófico principalmente como uma síntese aos moldes kantianos. Obter clareza sobre seu funcionamento dentro de um contexto estético representa, para nós, um ganho fundacional para toda teoria que pretenda ser baseada na imaginação poética. Privilegiaremos o debate com Amalric pela renovação do vocabulário realizada por ele.


Palavras-chave


Imaginação, Fenomenologia, Esquematismo, Ricoeur, Amalric.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Vinícius Oliveira Sanfelice

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br