Compreensão hermenêutica e suspeição genealógica

Celso R. Braida

Resumo


A proposta desse texto é discutir as suposições metodológicas da hermenêutica filosófica, com base na proposta de Paul Ricoeur de enxertar o problema hermenêutico no método fenomenológico, considerando a distinção entre interpretação como suspeita e como recuperação de sentido. O meu primeiro objetivo é propor que essa distinção seja pensada como uma oposição entre duas metódicas filosóficas que disputam acerca da matriz de sentido das ações e expressões humanas, uma psico-genealógica, outra fenomenológico-hermenêutica; o segundo, sugerir que a suspensão fenomenológica é menos frutífera do que a suspeição genealógica para a operação hermenêutica.

Palavras-chave


Hermenêutica, Genealogia, Suspensão, Método

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Celso R. Braida

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br